Terminologia da Lógica Global Convergente

Perspectiva Universal da Lei do Desdobramento do Tempo – Lógica Global Convergente – Terminologia.

Durante os vídeos de explicação da aplicação da metodologia da lei do desdobramento do tempo, Alejandra Casada fala sobre alguns aspectos que geram dúvidas.
Apenas as pessoas que acessam o fórum do seu site (www.alejandracasado.com.ar/foro) é que encontram algumas explicações, mesmo assim, quebrada em diversos tópicos e na língua espanhola.
Embora não pretendamos entrar no detalhe aprofundado do conceito de cada elemento, vamos abordar o suficiente para não restar dúvida sobre o seu significado.
São os seguintes os tópicos do glossário:
Aberturas temporais – são brechas, passagens no espaço-tempo, através das quais nós entramos em contato com o nosso “doble”. Isso ocorre durante o “sono paradoxal.”
Sono paradoxal – é momento da noite em que entramos em sono profundo e a nossa essência ganha o espaço e pode se comunicar com o nosso doble, desde que façamos a “derivação noturna” adequadamente.

Doble – é o “eu ideal”, mais experiente e situado em um plano superior da nossa consciência.
Segundo o físico Jean Pierre Garnier Malet, doble é a nossa cópia, nosso dublê, nosso corpo em forma de onda, que vive em outro espaço-tempo (no futuro) e, mediante comunicação conosco através do sono paradoxal, pode nos antecipar informações sobre perguntas que temos sobre problemas cotidianos ou existenciais, fazendo com que encontremos soluções e sejamos pessoas felizes, sem sofrimento.

Metodologia do desdobramento do tempo – A metodologia oferecida por Alejandra Casado, que ela batizou de Lógica Global Convergente, nos ensina a ir mais além do que a lei Garnier orienta. Segundo a sua visão, sua metodologia objetiva fazer com que deixemos de ser desdobrados e mais ainda, cheguemos ao nosso “ser original”, que podemos chamar também de “força interior”, entre outras denominações.
Realizando a metodologia e a derivação noturna adequadamente o benefício que vamos ter é uma mudança drástica na percepção e eliminar todos sofrimento em relação ao passado, passando a ser uma pessoa mais alegre e feliz.
A nossa experiência é exposta 7 planos que são denominados a partir do plano 1 de: plano físico, plano emocional(2), plano mental(3), plano da alma(4), das distorções ou viajante(5), propósito de vida(6) e da verdade(7). Na verdade são 10 planos, o quais serão vistos oportunamente.
A propósito, a metodologia inicial, criada por Alejandra Casado, foi simplificada com a chegada do “Observatório”, um método mais moderno e prático para se executar a metodologia. Atualmente ela recomenda fazer apenas o observatório e não mais a metodologia inicial.

Observatório – é a simplificação da metodologia de aplicação da lógica global convergente (lei do desdobramento do tempo). Essa nova metodologia trabalha com desenhos lógicos (não é imagem, apesar de gerar visualmente um gráfico). São circuitos que são desenhados pela mão do desdobrado enquanto fala determinadas referências, a fim de gerar no cérebro o mesmo efeito que geraria fazendo a metodologia. Esse observatório está detalhado no vídeo 11.
No entanto, só deverá praticar o observatório, quem assistir a coleção de vídeos disponível na internet (são 11 até agora, setembro de 2014), e entender o processo todo. Do contrário estará fazendo algo sem o menor conhecimento, incorrendo em erros.
Veja abaixo uma visão gráfica do observatório. Além disso, no site será publicado oportunamente um arquivo com a sequência de aplicação do observatório (o que se faz e o que se diz durante a aplicação).

Logica Global Convergente - ObservatorioSer original – é a nossa essência, aquilo de mais íntimo que há em nosso interior, que podemos chamar também de “força interior”, “energia cósmica” ou o “Deus” que está dentro de cada um. Praticando a metodologia devemos encontrar esse nosso “ser original” ao longo de algumas “quarentenas”, eliminando as distorções, a distância hoje existente.

Quarentenas – a partir do momento que fazemos a metodologia pela primeira vez, o que pressupõe que seja feita na mesma data a derivação noturna, começa a contar o tempo em quarentenas (a cada 40 dias), indo até 36 quarentenas. Segundo Alejandra Casado, ao cabo de 7 quarentenas muitas transformações já tem ocorrido da percepção do “desdobrado”. Quando se ultrapassa a 18ª quarentena a percepção está bem diferente daquela em que se iniciou a metodologia. A mudança é grande.
Nesse tempo o nosso corpo e a mente vão sendo preparados para receber as informações que estão soltas no universo e poderão vir para nós (possibilidades da mecânica quântica).

Derivação noturna – para explicar o que derivação noturna é importante olhar o desenho lógico formado pela metodologia, que é uma espécie de triângulo, embora essa imagem não deva ser levada em conta – o que importa é o percurso que se faz durante a metodologia e não a imagem em si, ela não quer dizer nada.
Pois bem, a derivação noturna ocorre no instante em que decidimos dirigir ao ser original a nossa intenção de colocar a nossa vida e as nossas experiências para que ela seja transformada, utilizando essas experiências (passado) como combustível. Para isso o nosso passado é importante e não para ficar remoendo-o.
Assim, a partir do instante em que entender a todo o processo da metodologia já se pode derivar. Essa derivação dá início à contagem cada quarentena, mesmo que não tenha começado a metodologia. É importante marcar a data da primeira derivação noturna, pois ela é quem dá início à contagem das quarentenas. Ir acompanhando a passagem de uma para outra é muito importante também, pois devemos derivar sempre por 3 dias no início de cada quarentena.
Praticar a derivação noturna é, ao se recolher para dormir, antes de pegar no sono, fazer essa “conexão mental” e oferecer a nossa experiência ao ser original, conforme já foi dito.
Este momento ou estado de espírito é o que chamamos de “estar no ponto zero”. Para que isso ocorra você deve estar nesse momento com a mente vazia, falando a partir do coração, sem expectativas (não pedindo nada, apenas oferecendo a sua experiência).
Na derivação noturna a pessoa faz contato com o doble que faz contato com o ser original. É como se ele servisse de intermediário. A conexão ao nível apenas do doble vão gerar respostas ocasionais e não definitivas, ou seja, respostas para problemas eventuais, enquanto que o contato com o ser original as respostas são de âmbito sistêmico, fazem você encontrar o seu propósito de vida, que é a nosso grande questionamento existencial.

Desdobrado – é o estado em que nos encontramos, separados que estamos do nosso doble e do nosso ser original. Nos nossos primeiros textos fizemos a comparação com o sinal distorcido de uma TV, que produz esse desdobramento na imagem, apenas para nos fazer entender. Assim, nos encontramos em relação ao doble e ao ser original, separados.

Universos Originais – são os espaços-tempos onde está o nosso ser original e as possibilidades faladas na física quântica. É de onde vem as respostas as nossas perguntas. No desenho lógico do observatório os universos originais estão situados fora da nossa existência, no plano da verdade, acima do vértice superior do triângulo que se forma. Também chamamos os universos originais de “plano da verdade”. Nesse plano da verdade tudo é coerente e coeso.

Essência – somos nós como parte do ser original. É a essência que transita no eixo y do observatório. É o próprio ser original trazido para os diversos planos que ficam abaixo do plano da verdade.

Observadores – somos nós mesmos, são pontos vistas.
Observadores de máximo passado e Observadores de máximo futuro –Talvez seja mais fácil pensar em termos de perguntas e respostas para entender. O observador do passado têm todas as perguntas originais e o do futuro tem todas as respostas originais, de acordo com os planos. São as nossas referências do passado e do melhor futuro.
Acredito que há algumas coisas que devem ser praticadas primeiro para melhorar o entendimento durante o uso.

4 erros de Hamer – segundo o médico alemão Hamer os seres humanos ao nascer estão à mercê de 4 comportamentos que lhe causam sofrimento, medo e desmotivação. Ele chamou esses comportamentos “marcadores de Hamer ou “4 erros de Hamer”.
São eles: (1) a necessidade de sobrevivência (viver correndo atrás de algo que não sabemos o que é); (2) proteção, para não perder aquilo que se conquista; (3) competição ou comparação com o outro que é melhor ou pior do a gente; e por fim, (4) completar o que falta, ou seja, acrescentar mais e mais.
Para a lógica global convergência isso é um fator de distorção da percepção adequada das coisas, da vida e é o que causa o desdobramento do ser.

Biologização – é o reflexo, o efeito físico da aplicação metodologia no corpo. Algumas pessoas apresentam sintomas como calores, mudança de humor eventualmente e outras sensações.

Transgeneracional – é um método de cura de doenças através do estudo da árvore genealógica da família do doente. Esse método é muito utilizado na Espanha e alguns países da América do Sul, principalmente Argentina, tendo como um dos expoentes principais o Dr. Enric Cobera.
Se todos leram a tradução do vídeo, onde Alejandra Casado trata de informar que houve um “duelo transgeneracional” com ela na cidade de Cuzco. Na verdade esse duelo é o confronto dos problemas dos familiares constantes da árvore genealógica, para resolver conflitos existenciais.

Experiência – é o nosso passado, são as nossas experiências que são utilizadas como combustível para transformação nos melhores futuros.

Combustível – é para que o nosso passado serve; não devemos rechaça-lo, pois ele será usado como alavanca para chegarmos aos universos originais, no plano da verdade.

 

4 Comments

  1. sandra marcia chaimovitz

    Responder

    Descobri este método neste final de semana, já assisti a todos os vídeos, mas terei que vê-los mais uma vez, pois sou do tipo lenta. Tudo que vi até agora, supera em muito minhas expectativas! E olha que eu pesquiso muito estas coisas. Muito obrigada a vocês, pois só de ler o site e ver os vídeos, já começei a pensar diferente, principalmente em relação ao passado, coisas que não me perdoava e ficava me remoendo, agora consigo encaixar em seu devido lugar e ter respeito, seja qual for a história.
    Gratidão eterna,
    Sandra

    • Responder

      Olá Sandra,
      Que bom a lógica global convergente lhe tem sido útil. Ainda este mês publicaremos o Vídeo 2 em português para que mais pessoas utilizem os efeitos da lei do desdobramento do tempo.
      Seja bem vinda.
      Brasileiro

  2. Rebecca

    Responder

    Olá Brasileiro,
    Estou tendo um pouco de dificuldade no que diz respeito à ordem dos métodos a serem seguidos na lógica global convergente. Primeiro preciso começar a derivação noturna, depois o observatório e depois a metodologia, é isso?
    Grata desde já pelo esclarecimento!
    Rebecca

    • Responder

      Rebecca,
      A lei do desdobramento do tempo mudou bastante. Realmente a recomendação é não fazer a metodologia agora. Assim, a sequência fica derivação noturna (que inicia a contagem das quarentenas) e em seguida, observatório.
      Abraço
      Brasileiro

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *